segunda-feira, 24 de setembro de 2018

A arte da fabricação de Tubos Nixie.



Os Tubos Nixie são dispositivos utilizados para exibir números, letras e símbolos. Este tubos foram utilizados amplamente entre os anos 50 e 70. Eram utilizadas em relógios, computadores, sinalizadores de usinas, fábricas, bolsas de valores e diversos equipamentos de medição no meio acadêmico e industrial.

Na década de 1970 os tubos nixie começaram a perder espaço para novas tecnologias mais baratas, fáceis de fabricar e com menor consumo de energia como os displays de 7 segmentos a LED, entre outros. Atualmente os tubos de nixie não são mais utilizados em escala comercial, mas ainda sobrevivem em pequenos grupos de colecionadores, projetistas de dispositivos retrôs e aficionados por este dispositivo. 

O vídeo a seguir mostra o trabalho de Dalibor Farny, um jovem engenheiro da aldeia tcheca de Březolupy, que em 2011 começou a resgatar as minuciosas e difíceis etapas do processo de fabricação dos Tubos Nixie de uma forma quase que artesanal. Confira!


Os primeiros tubos de nixie foram desenvolvidos por uma pequena empresa chamada Haydu Brothers Laboratories, posteriormente comprada pela Burroughs Corporation que detêm a marca Nixie e foi responsável por introduzir no mercado os tubos em 1955. O nome Nixie é derivado de "NIX I", abreviação de "Numeric Indicator eXperimental No. 1". Centenas de variações dos tubos nixie foram fabricados e comercializados por outros fabricantes utilizando nomes diferentes desde os anos 50 até o inicio dos anos 90. No entanto, os termos Tubo Nixie ou Válvula Nixie acabaram se tornando termos genéricos para todos estes produtos. 

Os tubos nixie ou válvulas nixie, como também são popularmente conhecidas, são basicamente tubos de vidro preenchidos com uma mistura de gases a baixa pressão e uma estrutura composta por um ânodo comum em forma de malha metálica e múltiplos cátodos em formas de números e letras feitos de fio metálico e separados por espaçadores cerâmicos. Os tubos de nixie são tubos de cátodo frio e seu princípio de funcionamento é a Descarga de Gás (Descarga luminescente DC a baixa pressão). 

De forma bem resumida, esse fenômeno ocorre quando ao ser aplicado uma tensão nos terminais do tubo, partículas carregadas eletricamente se movem através de um gás em alta velocidade. As partículas em alta velocidade colidem com os átomos ou moléculas de gás, ionizando-os e criando um plasma com partículas carregadas (íons e elétrons). Os íons excitados (maior nível energético) acabam perdendo energia na forma de fótons de luz. A cor da luz depende do gás utilizado no seu interior: os íons de néon emitem uma luz vermelho-alaranjada. 

No Explain That Stuff tem um texto que explica de uma forma bem legal como os tubos nixie funcionam. Clique aqui e confira!

Saiba mais sobre o projeto de Dalibor Farny

Curta nossa página no Instagram @eletricaeletronica e no facebook @EngenhariaEletricaEletronica 

Foto e vídeo: Dalibor Farny
Sobre o autor:

Fellipe Bastos: Mineiro, mestrando em Sistemas de Comunicação e Automação com linha de pesquisa em Controle e Sistemas de Energia. Tem interesse pelas áreas da robótica, eletrônica de potência, sistemas de controle e afins.

Confira também:

0 comentários: