sábado, 1 de outubro de 2016

Ranking das linguagens de programação mais usadas em 2016

 Ranking das linguagens de programação mais usadas em 2016

Confira a lista das linguagens de programação mais usadas em 2016 de acordo com a aceitação no mercado de trabalho, popularidade no mundo open-source, tendência de crescimento e o interesse geral entre membros da IEEE (Instituto de Engenheiros Eletricistas e Eletrônicos).

A lista das linguagens mais usadas em 2016 é uma pesquisa feita pela IEEE Spectrum  em conjunto como jornalista Nick Diakopoulos, intitulada de "IEEE Spectrum Top Programming Languages". A lista é baseada em dados provenientes de 10 fontes de dados como Google, Github, IEEE Xplore Digital Library, CarrerBuilder, Reddit entre outros.

A lista também indica as principais utilizações de cada linguagem. No ranking é possível encontrar os símbolos que indicam que determinada linguagem é mais usada para aplicações Web, Mobile, Desktop, e sistemas embarcados.

De acordo com os interesses gerais e pelos artigos submetidos pelos membros da IEEE (Instituto de Engenheiros Eletricistas e Eletrônicos), as linguagens mais usadas em 2016 são ranqueadas da seguinte forma:

 Ranking das linguagens de programação mais usadas em 2016

Analisando a tendência de crescimento das linguagens de programação, o ranking pode ser listado da seguinte forma:


Segundo a aceitação e demanda no mercado de trabalho, as linguagens mais usadas em 2016 foram:


Para aplicações open-source as linguagens mais usadas foram:


Indiferente de qual dos critérios acima você ache o mais apropriado para listar as linguagens de programação mais usadas em 2016, o fato é que o predomínio da linguagem C em diversas aplicações vem aumentando ao longo do anos, principalmente em áreas envolvendo sistemas embarcados e aplicações Mobile. O C++ também vem conquistando posições, principalmente entre aplicações open-source. Python e Java também ficam entre as 5 linguagens mais usadas e ganham destaque quando se fala em aplicações Web.

Outro ponto legal nessa pesquisa é o fato da linguagem R ter aparecido entre as 10 linguagens mais usadas em 2016. A linguagem R vem ganhando aceitação no mercado, principalmente com a crescente demanda para aplicações em Big-Data.

O Go, linguagem open source do Google, e  o Swift, linguagem da Apple para  macOS, iOS, watchOS e tvOS,  também marcam presença entre as linguagens mais usadas em 2016, assim como o Arduino que ficou em 11º segundo o IEEE Spectrum.

É ou não é linguagem de programação? 

A  IEEE Spectrum considerou para a pesquisa que uma linguagem de programação é uma sintaxe distinta usada para dar instruções a um computador, mesmo que sejam apenas instruções de como os dados devem ser estruturados. Turing completude não é requerida no caso. Por isso HTML  –considerada uma linguagem de marcação– e outras linguagem, que não são consideradas linguagem de programação por muitos, acabam aparecendo no ranking.

Nos listamos as 15 linguagens mais usadas durante o ano de 2016, mas o ranking original, feito pela IEEE Spectrum, analisou 48 linguagens. Você pode conferir a análise completa visitando o site da pesquisa, clique aqui!

Caso queira saber mais sobre os métodos e as fontes usadas nessa pesquisa, clique aqui!

Venha fazer parte da maior página de Engenharia Elétrica e Eletrônica do Facebook e confira mais novidades!
Sobre: Fellipe Bastos (Catrak)

Fellipe Bastos: Mineiro, mestrando em Sistemas de Comunicação e Automação com linha de pesquisa em Controle e Sistemas de Energia. Tem interesse pelas áreas da robótica, eletrônica de potência, sistemas de controle e afins.

Confira também:

0 comentários: